share on:

13 de Novembro de 2019

Quando alguém lhe faz uma pergunta você responde com: “é assim, assim, e assim …” Ou será que você começa dizendo” Eu acho… na minha opinião” Há momentos em que você precisa expressar-se com convicção. Suas impressões, suas opiniões podem ser úteis em alguns momentos, mas há
aqueles em que você precisa responder com convicção. Você só responde com convicção se você a tem.

Nos últimos instantes de vida um criminoso reuniu suas forças para fazer o último pedido: “-Senhor Jesus, lembra-te de mim quando estiverdes em teu reino.” Então ele ouviu: “-Hoje estarás comigo no Paraíso. ”¹ Notou aqui a convicção? Jesus entendeu o que aquele homem pedia e respondeu com convicção.

O que vinha a ser aquele “Paraíso”? Morte tranquila? Reencarnação? Purgatório ou outros planos de existência? Paraíso, na narrativa, no relato bíblico, é uma expressão figurada da plena comunhão do indivíduo com o Deus Criador.

Opinião pode-se discutir racionalmente, mas convicção, fé não se apoia apenas em fatos verificáveis pelos cinco sentidos. A convicção apoia-se na decisão de crer. Quando você decide crer no que o Deus e Pai de Cristo Jesus revela pelo Filho e confirma pelo próprio Espirito Santo, você tem a convicção cristã!

Jesus revelou que haverá um Juízo Final. Haverá uma separação da raça humana em dois grupos. Céu, Casa de Meu Pai, Paraíso são figuras que ilustram a plena comunhão do indivíduo com o Deus Criador. Com corpo, com identidade viveremos na presença divina. Não há descrição na bíblia das atividades, mas não estaremos desocupados ou envolvidos somente com música por toda a eternidade. Isso é fábula.

São as convicções, que movem as pessoas à se tornarem criativas ou cometerem suicídio. Não menospreze a importância das suas crenças!² São elas que motivam a totalidade de seus sonhos, capacidades e realizações. O cristão experimenta já aqui uma amostra dessa intimidade com Deus, preparada para a eternidade pois “o próprio Espirito, testemunha com o espírito³ humano quando a pessoa é filha de Deus”. Você compreendeu? É nessa comunhão com Deus pelo Espirito que começa o Paraíso.

Esta mensagem responde á pergunta: Qual é a base espiritual para a convicção?

Aplicação para a sua vida: Verifique a base de suas convicções não apenas religiosas, mas espirituais e descobrirá a base de sua esperança existencial.

1 Lucas 23:42-43 Escrito por Lucas, um médico por volta de 59—75 d.C. mostra como Jesus estava em contato com as pessoas pobres, com os necessitados e com os que são desprezados pela sociedade. . 2 Provérbios 23.7: “Assim como você pensa na sua alma, assim você é!” Escrito por volta do século X e século VII a.C. aproximadamente 700 A.C .conhecido pela sabedoria que começa com Deus é a base para muitas exortações práticas das epístolas no Novo Testamento. 3 Romanos 8:16 NVI “O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus.” Carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade de Roma por volta de 58 d.C. descreve a vida no Espírito, que é dada pela fé aos que creem em Cristo.