share on:

12 de Julho de 2019

Você já pensou como seria o mundo se não houvesse sofrimento? Como você deve enfrentar o seu sofrimento? Há certas crenças que negam o sofrimento. Dizem que não devia haver sofrimento, mas o sofrimento existe e temos que nos encontrar e preservar em suas chamas. Se tentarmos escapar do sofrimento ou recusar a acertar nossas contas com ele, somos insensatos.

O sofrimento queima grande parte da superficialidade humana. No entanto o sofrimento nem sempre nos torna uma pessoa melhor. O sofrimento ou edifica o seu ser ou o destrói. Ninguém pode preservar-se somente no sucesso, pois perde a cabeça; nem pode preservar-se na monotonia, pois virá a ser um lamuriante. O lugar de encontrarmos nosso verdadeiro eu, é nas chamas do sofrimento. Porque dever ser assim é outra questão, mas que isso é fato, sabemos tanto pelas Escrituras Sagradas quanto pela experiência humana. Não é a dor, o sofrimento que nos levam a comunhão com Deus. A dor e o sofrimento nos permitem perceber o que tem real valor para a existência humana. A dor e o sofrimento nos livram da ilusão de que tudo pode dar certo facilmente, sem empenho, sem compromisso.

Na vida com Cristo não é o sofrimento que está no centro porque é a graça divina na pessoa de Cristo que ocupa o centro da experiência cristã. É o amor de Deus que contribui para que o sofrimento ou alegria, o fracasso ou o sucesso cooperem juntamente para o bem de quem ama a Deus. A gente sempre reconhece a pessoa que passou pelas chamas do sofrimento e se encontrou com Deus Pai. A elas você pode recorrer na hora da tribulação e ela vai ter tempo suficiente para atender você.

Carregar a cruz, como disse Jesus, negar-se a si mesmo, amar a Jesus acima de cada relacionamento não é desafio pequeno e sem dor. No entanto é o amor de Deus, derramado no coração humano que permite alguém enfrentar cada desafio da vida consciente da bondade, justiça e alegria divinos. O sofrimento não nos reconcilia com Deus, não salva mas permite você que você descubra o que realmente tem valor na sua vida com Deus.


Esta mensagem responde á pergunta: Qual é a necessidade do sofrimento na vida do ser humano?

Aplicação para a sua vida: Corresponder ao amor de Deus Pai por você é permitir passar pelo o sofrimento como oportunidade de conhecer melhor, a Deus Pai, a si e ao próximo.


Romanos 8:28 “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” Carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade de Roma por volta de 58 d.C.. descreve a vida no Espírito, que é dada pela fé aos que creem em Cristo.
2 Coríntios 1:3,4 “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações.” Segunda carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade grega de Corinto no outono de 55,56 ou 57 depois de Cristo defendendo sua autoridade apostólica e apontando os falsos apóstolos na igreja daquela cidade.
Mateus 16:24 “Então Jesus disse aos seus discípulos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.” Os fundadores da Igreja declaram que o Evangelho de Marcos foi escrito depois da morte de Pedro, que aconteceu durante as perseguições do Imperador Nero. A maior parte das evidências sustenta uma data entre 65 e 70 dC.

.