share on:

30 de Abril de 2019

A pessoa que você ama diz que ama você, mas age de modo infiel, busca somente o próprio interesse. Mas você percebe que, amor para ela é diferente do que é para você. Cada um dos dois tem uma ideia, um conceito de amor diferente. Qual está certo?

Verdade, amor, mentira, justiça tem conceitos diferentes. Tudo depende da a situação ou dos interesses pessoais. Esta é a razão de tantos desentendimentos.

Em muitas áreas da vida se concorda que dois mais dois são sempre quatro. E existe exatidão no universo matemático e físico. Então é preciso haver exatidão também no universo moral. O amor precisa ter um conceito único, bem como a verdade, a mentira e tantos outros valores do mundo moral.

Você já sabe que o homem e a mulher expressam o amor uma para com o outro de maneiras diferentes. Mas a natureza desse amor precisa ser a mesma. Quando alguém ama a Deus pela fé em Jesus, reflete o amor de Deus no seu modo de amar. Cada pessoa precisa decidir se aceita ou não o modo como o ser amado expressa o amor. Não há como mudar o outro. Deus deseja que expressemos nosso amor por Ele, confiando em Cristo Jesus, dentro da vida que temos e do que somos.

O Criador do mundo físico, o mesmo que criou o domínio moral e espiritual. Verifique se o seu conceito de “amor”, “verdade” e “mentira” estão de acordo com os conceitos de Deus. Então sim, você terá um referencial para buscar a reconciliação e promover a justiça. É por essa razão que toda e qualquer discussão entre os seres humanos exige a intervenção do Deus e Pai de Cristo Jesus. Ele estabeleceu o real valor do amor, da verdade, da justiça, do ódio, da mentira.

O ponto básico de orientação é sua harmonia com Deus Pai pelo amor divino. Sem isso você não tem condições de viver os conceitos divinos e aplica-los ás situações que lhe atormentam. Sim os conselhos bíblicos, registrados na bíblia exigem que o próprio Espirito Divino capacite você a vivencia-los com humildade a amor, trilhos divinos.


Esta mensagem responde á pergunta: Como encarar o conceito de relatividade nos valores morais?
Aplicação para a sua vida: Somente o amor de Deus na sua vida lhe permite estabelecer os conceitos adequados para a vida moral do ser humano.


João. 3:16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. ” Este evangelho escrito entre 80-90 d.C. pelo apóstolo João no estilo é reflexivo e cheio de imagens e figuras organiza sua mensagem enfocando sete sinais que apontam para Jesus como Filho de Deus.
Romanos 8:35-39 Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. I João 4:10 “Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. ”