share on:

18 de Outubro de 2019

Falei com uma amiga. Ela é a esposa do médico que muitas vezes socorreu a mim, a minha esposa e meus filhos nesses últimos 30 anos. Ela contou-me que o seu câncer no fígado voltou. Como esposa de médico e mãe de dois médicos, ela está muito bem informada dos procedimentos, das possibilidades e perigos. Não está desesperada. Tem segurança de que sua vida está sob a proteção de Deus Pai, pela fé que tem do Senhor Jesus Como é uma mulher cristã também sabe que nesta vida está sujeita a morte e crê com segurança na ressurreição do corpo, como ocorreu com Cristo Jesus.

Esposa, filhos, familiares de médicos também morrem. Apesar de toda assistência o médico tem limitações diante da morte. Pode adiar a morte. Pode dar muita assistência, mas enfrenta limitações que o conhecimento médico e a tecnologia médica ainda não venceu. No entanto, você e eu temos, com frequência, que estar diante do médico é estar diante de alguma divindade. Os médicos são encarados, popularmente como os que tem todo o poder da vida.

O médico e os remédios nos dão esperança de cura, de restauração da saúde18, mas não podem nos livrar da morte porque o médico não é Deus. Assim sendo, Jesus comparou a necessidade de sua intervenção na vida do ser humano tão necessária quanto a de um médico na vida de um doente. Ele veio para doentes, buscar e salvar quem está perdido para vida com Deus19. Somente em Cristo Jesus temos a ressurreição. É essa realidade que nos mantem vivos na presença de Deus. Nem a morte tem a última palavra sobre a sua existência ou a minha quando andamos com Deus pela fé dEle.

Agora proponho algo novo para você realizar no dia de hoje. Interceda agora mesmo pela vida familiar e profissional de um médico que consiga lembrar-se. Ele sofre angustias e tentações. Prepare um cartão com um trecho do Evangelho de Jesus descrito pelo médico Lucas, o terceiro Evangelho. A palavra de Jesus é comparada a um bisturi a laser, pois cura as doenças da alma. Viva Jesus, o Médico dos médicos!


Esta mensagem responde à pergunta: Em que Jesus é semelhante a um médico?

Aplicação para a sua vida: Faça um cartão ou dê um telefonema e agradeça ao médico que tem lhe atendido Transforme sua gratidão também em gestos e não apenas palavras. Louve a Deus pelo seu médico.


18 Jeremias. 8:22 “ Não há bálsamo em Gileade? Não há médico? Por que será, então, que não há sinal de cura para a ferida do meu povo?” Profeta no Antigo Testamento por mais de 40 anos (626ª.C.) testemunhou longamente contra a idolatria do povo de Israel corrompendo-se profundamente anos antes da destruição de Judá pela Babilônia.
19 Lucas 5: 31-32 Jesus lhes respondeu: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. 32 Eu não vim chamar justos, mas pecadores ao arrependimento”. Escrito por Lucas, um médico por volta de 59—75 dC mostra como Jesus estava em contato com as pessoas pobres, com os necessitados e com os que são desprezados pela sociedade.