share on:

11 de Maio de 2020

A música é uma arte interessante, não é? As suas músicas marcaram momentos de tristezas e alegrias na sua vida. Antes de criticar o gosto musical de alguém, procure conhecer a pessoa, sua história, sua cultura, seu estado de espírito.

Eu gosto do estilo de música reggae. Desenvolvido no final da década de 1960 na Jamaica teve o cantor e compositor Bob Marley como ícone deste estilo musical nos anos setenta. O que é muito característico no reggae e simpatizo é que ressalta o segundo e o quarto tempo do compasso quaternário. Normalmente as músicas destacam o primeiro e o terceiro tempo.

O reggae tem sua expressão religiosa entre os Rastafári uma vertente messiânica ligada a Etiópia no continente africano. Eles usam a maconha como prática religiosa e não recreativa. Sua temática política aborda a injustiças, sexo, paz e amor. A história da expressão reggae tanto faz uma alusão aos que usam roupas rasgadas, como a música para um rei. O movimento rastafári prega, entre outros valores, o orgulho da raça negra e a valorização da herança africana. O uso das tranças chamadas dreadlocks por seguidores do rastafári identifica-se com a cultura do continente africano. A história não é curta.

A ênfase forte exatamente nos tempos fracos da música tem semelhança com a existência humana. Você passa por momentos onde se vê forte, com muita coragem, mas enfrenta também momentos em que se encontra em fraqueza extrema. Isso humilha, abafa a criatividade. Assim é a vida!

O conhecido escritor bíblico, apóstolo Paulo, disse que aprendeu a viver no tempo de força e no tempo de fraqueza1. Quando no tempo de fraqueza pediu socorro divino descobriu: O poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza humana.2 Mas Deus revela sua graça, o seu amor e cuidado para com o ser humano na sua fraqueza moral, física e no relacionamento com Ele. A fé de Cristo Jesus não funciona como alguma maconha que retira o ser humano da realidade. A espiritualidade cristã justamente torna o ser humano realista para a condição do ser humano diante do amor de Deus Pai revelado em Cristo Jesus. esse é o evangelho que você precisa conhecer.

Esta mensagem responde à pergunta: O que do ritmo reggae nos remete ao Evangelho de Jesus?

Tarefa para Hoje: O caráter divino busca restaurar a dignidade humana, do fraco diante de Deus e da vida. Isso também é o evangelho de Cristo Jesus.

1 Filipenses 4:11-12 “Não vos declaro isso por estar necessitado, porquanto aprendi a viver satisfeito sob toda e qualquer circunstância. Sei bem o que é passar necessidade e sei o que é andar com fartura. Aprendi o mistério de viver feliz em todo lugar e em qualquer situação, esteja bem alimentado, ou mesmo com fome, possuindo fartura, ou passando privações“ Carta do apóstolo Paulo aos cristãos da cidade de Filipos quando estava preso por volta de 62 d.C. demonstra que há alegria e não orgulho na existência humana diante do que Cristo na vida do crente. 2 2 Coríntios 12:9,10 “Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte.“ Segunda carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade grega de Corinto no outono de 55,56 ou 57 depois de Cristo defendendo sua autoridade apostólica e apontando os falsos apóstolos na igreja daquela cidade.