share on:

22 de Junho de 2020

Durante essa pandemia você notou quais hábitos novos você desenvolveu? Experimente fazer uma listinha só para você. Depois dessa lista note se foi o medo ou foi o amor que motivaram essas mudanças. Talvez lhe pareçam muito semelhantes, mas não são.

O medo não permite que você pense com calma porque é sua segurança, sua vida, sua saúde e de seus entes queridos que estão em jogo. O medo de não apenas perder a própria vida, mas perder alguém que lhe é querido. O medo tem sua medida de alarme para sua segurança. O medo lhe permite reconhecer as possibilidades e as consequências. O problema do medo é que alguém, agindo pelo medo, não desenvolve a criatividade, a coragem, o discernimento. O medo leva você a viver sob a escravidão do temor da morte.

O bom senso é diferente porque lhe permite avaliar cada condições de perigo e desenvolver para cada situação a estratégia de proteção. O bom senso não se deixa dirigir apenas pelo medo, mas pelo amor, pela coragem. O bom senso explora diversas possibilidades e percebe possibilidades novas. O bom senso permite que você avalie mais amplamente os elementos envolvidos naquela questão.

Quando você ouve ou lê a narrativa do Evangelho de Cristo Jesus encontra a seguinte revelação divina “… o perfeito amor lança fora o medo…”5. Então você percebe que o ser humano, ao firmar seu relacionamento com o Criador, o Deus e Pai, pela fé de Cristo Jesus, tem muito mais que uma doutrina, rituais, objetos sagrados, enfim uma religião. Tem uma aliança com o Criador do universo6. É esse relacionamento que guia o ser humano que passa por tragédias ou eminencia de encarar dificuldades muito sérias e até a morte.

A confiança que os pilotos de avião, os agentes de bordo desenvolvem para voar surge pelo conhecimento que tem das condições de segurança. Ainda que aviões caiam isso não os abala. Então ao firmar novo relacionamento com Deus Pai pela fé de Jesus você poderá mudar sua motivação do medo para o amor em seus novos hábitos. Prepare-se para isso ao conhecer o Evangelho de Cristo Jesus e o Cristo Jesus no Evangelho.

Esta mensagem responde à pergunta: Sua mudança de hábitos, durante a pandemia é motivada pelo amor ou pelo medo?

Tarefa para Hoje: Conheça o amor de Deus, revelado por Cristo Jesus, para desenvolver hábitos motivados pelo amor divino e não pelo medo.

5 1 João 4:16-19E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem permanece em amor, permanece em Deus, e Deus nele. Nisto é aperfeiçoado em nós o amor, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos também nós neste mundo. No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor. Nós amamos, porque ele nos amou primeiro. 6 João 15:9 “Assim como o Pai me amou, Eu da mesma forma vos amei. Permanecei no meu amor. 10Se obedecerdes aos meus mandamentos, permanecereis no meu amor, exatamente como Eu tenho obedecido às ordens do meu Pai e permaneço em seu amor.”