share on:

09 de Agosto de 2019

Você é o primeiro guia de seu filho. Aquele que o coloca ao peito da mãe para mamar, no berço para dormir e na banheirinha para tomar banho. Você é aquele que vai ensinar seu filho, sua filha a fechar os olhos e a pôr as mãos juntas para orar. Aquele que vai levá-lo pela primeira vez à um culto na comunidade cristã.

Depois de você, virão outros guias: a babá, a professora da Escola Dominical, a professora da escola, o pastor da Igreja, o guarda de trânsito, os avós, os primos, os colegas da escola, a televisão, o computador, o celular e muitos outros.

Você precisa ser um guia zeloso, um guia bem preparado, um guia bem-sucedido. Um guia que leve seu filho a Jesus, como fizeram aqueles pais a que se referem as Escrituras. Um guia que não solte a mão de seu filho em hipótese alguma, em circunstância alguma, em tempo algum. Um guia que proclame em oração, diante de Deus: “Eis aqui estou eu e os filhos que Deus me deu”

Você precisa selecionar os outros guias de seu filho. Eles não podem ser como Judas, “que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus”. Não podem ser os tais guias cegos, tantas vezes condenados por Jesus.

Considere-se feliz, muito feliz, se o guia de seu filho for Aquele que guiou Israel durante a travessia do deserto: “O Senhor ia diante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para os alumiar, a fim de que caminhassem de dia e de noite”. Permita que Cristo Jesus seja o caminho e o guia de cada um de seus filhos. A igreja pode ser um lugar, mas Cristo Jesus é a pessoa que cada um de seus filhos precisa conhecer. Assim você cumpre sua função de pai. O que você me responde diante dessa proposta divina?


Tarefa para Hoje: Note, compare e verifique se você ouve, seus filhos ou queridos e planeje mudanças no seu modo de pensar.

Esta mensagem responde á pergunta: Qual é o lugar do pai na vida da criança?


Capítulo livro EM LETRAS GRANDES, Pr. Elben Lenz César, diretor presidente da Editora Ultimato.
Lucas 18.15 Escrito por Lucas, um médico por volta de 59—75 dC mostra como Jesus estava em contato com as pessoas pobres, com os necessitados e com os que são desprezados pela sociedade.
Hebreus 2.13. Esta carta exorta os novos cristãos a não observarem mais rituais e cerimônias tradicionais, pois, em Cristo, eles já foram cumpridos. Pouco antes do no ano 70 d.C. quando Templo em Jerusalém foi destruído pelos romanos.
Atos 1.16 Atos é uma seqüência da vida de Cristo nos Evangelhos, registrando a disseminação da cristandade de Jerusalém a Roma escrito por Lucas cerca de 62 dC
Mateus 15.14; 23.16 e 24. : Mateus foi o primeiro Evangelho a ser escrito por volta de 60-65 d.C. com o objetivo de mostrar que Ele é o Messias esperado pelos judeus e que traz o Reino de Deus.
Êxodo 13.21 O nome Êxodo significa “saída”. Escrito por Moisés descreve como Deu s livrou os israelitas da escravidão no Egito. fez um pacto com eles e lhes deu leis para ordenar e governar sua vida. Essa saída deu -se por volta de 1447 A.C.