share on:

14 de Setembro de 2020

Jiu-Jitsu é uma arte marcial de origem incerta. A tradução das palavras Jiu-Jitsu é “arte versátil, suave”. No Jiu-Jitsu usa-se a força e o peso do adversário contra ele, sendo permitido, inclusive, lançar o adversário em queda. São utilizados golpes traumáticos e de defesa pessoal como saídas de gravata, contragolpes, esquivas etc. Ouvi o membro da conhecida família campeã falar que essa modalidade esportiva dá o devido preparo físico e mental para uma pessoa saber perdoar ou relevar ofensas e só brigar com quem sabe lutar. Como ele diz “…revidar a quem não sabe lutar é covardia.”15

A defesa pessoal tem o seu lugar, nos esportes, na vida. No entanto o ser humano erra, essa é uma parte da realidade humana, mas perdoar tem natureza, é de fonte divina. Quando me refiro ao perdão não falo de “deixar pra lá”, nem desejar vingança, como um prato frio guardado no fundo do coração. Quando se fala em perdão é preciso ter como referência o modo como Deus Pai perdoa o pecador que se volta para Ele em arrependimento.

O perdão divino só surte real efeito de valor eterno quando é correspondido com o arrependimento para com Deus. Arrependimento primeiramente diante da graça e amor de Deus quando revela que o castigo que o ser humano merece pelas afrontas foi castigado em Cristo Jesus.16 Cristo Jesus pagou com a vida e morte . No entanto nem toda ofensa pode ser rebatida com golpes de qualquer luta seja ela marcial ou não.

Existe uma tristeza de arrependimento, de natureza humana, que leva a morte da dignidade humana do ofensor. Há arrependimento conhecido com remorso e seus danos são profundos. No entanto o perdão inspirado por Cristo Jesus no coração humano é de uma tristeza de natureza divina. Esse é a base do arrependimento diante de Deus e não meramente de si.17

Você precisa aprender a perdoar com Deus, por meio de Cristo Jesus, do contrário não tratará da ofensa sofrida de modo divino.18 O Evangelho é o perdão divino como Deus providenciou para você, para cada um que se volta para Ele. Vamos, compreenda e creia no Evangelho de Cristo Jesus.

Esta mensagem responde à pergunta: Qual é o propósito do perdão, do perdoar?

Tarefa para Hoje: Lembre-se que você não direito algum de pedir perdão, mas todo o dever de confessar o seu próprio erro e buscar as mudanças para erradica-lo de sua prática e vida.


Notas

¹ 15 Jiu jitsu: Rickson Gracie falando sobre perdão em https://www.youtube.com/watch?v=eN2qbhDTNrg

² 16 Isaías 53:4,5 “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

³ 17 2 Coríntios 7:9,10 “Agora folgo, não porque fostes contristados, mas porque fostes contristados para arrependimento; pois fostes contristados segundo Deus; de maneira que por nós não padecestes dano em coisa alguma. Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, da qual ninguém se arrepende; mas a tristeza do mundo opera a morte.”

⁴ 18 Marcos 11:25,26 “E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas. Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensas”