Compartilhe em:

15 de Maio de 2019

Você é livre para as escolhas da vida? Os cientistas estão libertando o ser
humano de alguns determinismos biológicos que alguém classificou de
escravidão genética. Por exemplo: Os pais já escolhem o sexo e as características de seus filhos; logo poderão libertar os filhos de certas doenças hereditárias. Facilmente você pode pensar que suas dificuldades
morais poderão ser resolvidas pela ciência biológica. Hormônios, plásticas e outros tratamentos tornarão você a pessoa dos seus sonhos, seja na estética, na personalidade e até na genética.

Muito se fala em “livre arbítrio. A autonomia para arbitrar, para estabelecer as próprias regras para agir. Ainda que a ciência produza pessoas como se produz automóveis, ainda assim os seres humanos precisarão fazer escolhas na própria vida.

Uma experiência muito comum é a dos viciados que alegam: “quando eu quiser eu paro com meu vício. ” No entanto a pessoa parece que nunca QUER parar. E quando decide querer descobre que não tem mais o controle. Aí se estabelece uma luta. Se pode escolher, por que luta? Por que sua vontade está comprometida com o que é prejudicial. Não é o determinismo genética que nos rouba a liberdade, mas sim o poder espiritual que nos gerou em rebelião contra o Criador. Este é conhecido como o poder do pecar.

A incapacidade de tomar decisões morais acertadas não vem basicamente da genética, mas do poder do pecado que contaminou o genoma humano. Por esta razão Jesus declarou: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado, o faz porque é escravo do pecado. Jesus esclarece que a prática do pecado não é mero determinismo genético, mas o sinal de que esta pessoa é escrava do pecado, de uma hereditariedade espiritual, psicológica, moral. E até mesmo a religião tem limites. Ela mesma não consegue quebrar esse vínculo que prende a liberdade. Sem liberdade como escolher viver e fazer o bem?

Aqui está a resposta: “Se, pois, o Filho de Deus, Cristo Jesus, vos libertar, verdadeiramente sereis livres. ” Quando você confessa seu cativeiro e olha para Deus pela fé de Cristo Jesus compreende a que se refere a expressão SALVAÇÃO.


Esta mensagem responde á pergunta: Qual é um dos aspectos do livre arbítrio que compromete a liberdade?

Aplicação para a sua vida: Encare com coragem a real liberdade que você exerce em sua vida com Deus Pai!


João 8:36 “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. ” Este evangelho escrito entre 80-90 d.C pelo apóstolo João no estilo é reflexivo e cheio de imagens e figuras organiza sua mensagem enfocando sete sinais que apontam para Jesus como Filho de Deus“ Este evangelho escrito entre 80-90 d.C pelo apóstolo João no estilo é reflexivo e cheio de imagens e figuras organiza sua mensagem enfocando sete sinais que apontam para Jesus como Filho de Deus .