share on:

12 de Maio de 2020

Em tempos de pandemia você já percebeu o valor dos técnicos da saúde. Médicos, enfermeiros e outros serviços essenciais. Eu sei que você agradece a cada um deles. Agora pense comigo. Essa gratidão é fruto de uma atitude racional de bom senso, de educação? Certamente é! E então considere comigo o que é gratidão. Costumamos dizer para as pessoas “muito obrigado”. Essa expressão significa que você reconhece uma dívida moral com a pessoa, com quem lhe serviu. Então esse “muito obrigado” é diferente de gratidão. Quando você reconhece o serviço, pode dizer “muito obrigado”. Quando você reconhece a pessoa então você pode dizer “grato, grata”. Ou “-muito agradecido”, “- muito agradecida”.

A gratidão é uma experiência muito rara e profunda. O “muito obrigado” é uma dívida. É comum. O “muito agradecido, agradecida” é fruto que surge da alegria por receber sem contrair uma obrigação, uma dívida. É o começo do amor. Eu e você podemos ir a igreja agradecer. Depois disso muita gente considera-se quites com Deus. Ele deu e ela agradeceu. Nada de vínculo, percebe?

A gratidão leva você a não ignorar o problema, mas a focar nas oportunidades que ainda tem. A gratidão impede que você se torne alguém servil a ira, ao ódio. Sim,a o ódio, a amargura, a incredulidade. A gratidão não está no coração, nem na mente, nem no espirito de muita gente que diz “muito obrigado” por mera educação. Pode dizer assim por humilhação ou medo de não receber mais.E você precisa observar se essa tendência está escondida no seu coração, na sua alma, na sua mente. Então você pode confessar a Deus Pai essa condição. Peça a Ele que lhe revele o Seu amor e graça divino através da pessoa de Cristo Jesus. Esse é o caminho para você se tornar um cidadão agradecido reino do filho do amor de Deus.3 Você quer?

Esta mensagem responde à pergunta: Qual é a diferença entre “muito obrigado“ e “muito agradecido“?

Tarefa para Hoje: Você precisa discernir suas motivações para não se deixar enganar e compreender o seu próprio coração.

Colossenses 1:12 “dando graças ao Pai que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz. A suprema pessoa de Cristo 13Ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o reino do seu Filho amado, 14em quem temos a plena redenção por meio do seu sangue, isto é, o perdão de todos os pecados. “ Nesta carta o apóstolo Paulo diz aos cristãos de Colossos que abandonem suas superstições e que Cristo seja o centro de sua vida. Paulo escreve esta carta durante o seu segundo e último encarceramento.