share on:

23 de Dezembro de 2019

Os vizinhos sempre são consultados, entrevistados quando se quer saber sobre alguém famoso na arte ou no crime. Os vizinhos escutam as brigas ou o silêncio. Os vizinhos sabem quando você trocou de carro ou mesmo bateu o carro! Quem mora em apartamento tem maior dificuldade de conhecer o
vizinho. Mesmo assim sempre se tem alguma informação dos hábitos de quem vive á nossa volta.

Ao ordenar a refeição de despedida da escravidão, Deus orientou a família pequena a convidar o vizinho para comer junto5. Para um socorro de
emergência, Deus confirma como o vizinho é a ajuda mais próxima.6 Por esta razão respeitar as divisas do terreno com o seu vizinho é condição fundamental para um relacionamento harmonioso.7 Por outro lado viver metido na casa do vizinho causa sérios conflitos. Não se pode viver a vida do vizinho, senão ele deixa de ser vizinho, não é interessante? Então há esta tensão: a proximidade do vizinho exige uma interação, mas também respeito a uma individualidade.

Com que gentileza você expressa seu respeito e carinho por aquele que durante este ano não lhe deu motivos de irritação? Esta é uma atitude justa. Agora dar um presente e uma palavra de encorajamento para aquele vizinho que lhe causou dissabores é especial. Esta atitude é graciosa, imita a Deus.

Nosso maior vizinho é o próprio Deus, sabia? Ele nos premiou com a presença do Filho, aquele que nos torna próximos de Deus, tão íntimo que passamos a viver na própria família divina. No entanto não nos invade.

Considere hoje suas atitudes como vizinho neste ano. Se, no entanto ainda é vizinho de Deus, Ele o convida a participar da família como filho, filha quando você confia em Cristo Jesus a ponto de segui-lo á presença do Pai. Esta alegria é maravilhosa. Você precisa experimentá-la! Você precisa conhece-la.

Resposta a pergunta: Quem é o vizinho?

Tarefa para Hoje: Pratique hoje uma boa ação para com o seu vizinho menos conhecido e ore por ele(s).

5 Êxodo 2:4O nome Êxodo significa “saída”. Este livro conta como Deus livrou os israelitas de uma vida de penúrias e escravidão no Egito. Deus fez um pacto com eles e lhes deu leis para ordenar e governar sua vida 6 Provérbios 27:10 Escrito por volta do século X e século VII a.C. conhecido pela sabedoria que começa com Deus é a base para muitas exortações práticas das epístolas no Novo Testamento. Composto aproximadamente 700 A.C. 7 Deuteronômio 19:4 Moisés pronunciou três discursos de despedida pouco antes de morrer. Neles recapitulou, com o povo, todas as leis de Deus para os israelitas. O nome do livro expressa essa “recapitulação” ou “segunda lei”.