share on:

21 de Junho de 2019

Preste atenção ás seguintes afirmações: “Homem não chora; Mulher é sentimento; Homem produz e tem. Mulher é improdutiva e recebe. Homem é livre. Mulher é dependente. Homem é provedor. Mulher é provida. Homem é cérebro, razão. A mulher é coração, emoção. ” Algumas dessas afirmações podem ter algum fundo de realidade. Outros são conceitos que tiram do homem e da mulher a expressão de suas capacidades e características. Perceba comigo o que está envolvido nessa discussão.

No esforço para corrigir essa situação a Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU),1 propôs as “mesmas condições de orientação profissional, de acesso aos estudos e de obtenção de diplomas nos estabelecimentos de ensino de todas as categorias profissionais. Essas medidas, entre outras, visam a “eliminação de qualquer concepção estereotipada dos papéis masculino e feminino em todos os níveis e em todas as formas de ensino mediante o encorajamento à educação mista e a outros tipos de educação que contribuam para alcançar este objetivo”.

Já temos muitos campos profissionais com participação igualitária do homem e mulher; agora se percebe as tentativas de descaracterizar os gêneros, feminino e masculino. Essa ordem que procura subverter a
biologia, a ciência, a religião e as características dos gêneros é bem conhecida nas revelações bíblicas. A expressão utilizada é “mundo”. Sim esse” mundo, essa ordem, é profundamente injusta em suas avaliações
e práticas. Ao mesmo tempo que declara que os homens e mulheres são iguais, paga salários diferentes só para falar desse exemplo.

Agora no Reino de Deus o homem tem sim, responsabilidades diferentes da mulher. Isso não implica em qualquer superioridade pois a humanidade caracteriza-se pela união e cooperação mutua do homem e mulher. Com capacidades diferentes o homem e a mulher se complementam. Enquanto no mundo a mulher é colocada a margem, no Reino de Deus ela tem seus dons e capacidades salvaguardadas. Ela precisa ser amada como Cristo amou a igreja. A mulher precisa respeitar o homem como aquele que Deus criou. O confronto do Mundo com o Reino é milenar mas chegará ao fim. Você vive os valores do Reino ou do Mundo? Então precisa conhecer o Evangelho do Reino de Cristo Jesus! Você precisa!


Esta mensagem responde á pergunta: Quais os desafios da educação não-sexista?

Aplicação para a sua vida: Note como a fé cristã é profundamente pessoal e não meramente doutrinária ou institucional. Você precisa identificar a fé cristã na dimensão pessoal diante de Cristo Jesus.


1 de 18 de dezembro de 1979
Gênesis 2:18 “E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.”
Atos 21:8,9E no dia seguinte, partindo dali Paulo, e nós que com ele estávamos, chegamos a Cesaréia; e, entrando em casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele.
E tinha este quatro filhas virgens, que profetizavam.
Efésios 5:25-28 “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.
Efésios 5:24 “De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.”