share on:

03 de Novembro de 2019

Quando lhe pergunto como está o seu coração, certamente você me perguntará se quero informações a respeito do órgão que bate em seu tórax ou sua capacidade de amar e sentir que alguém lhe ama.

Só em 2015 por volta de 17 milhões de pessoas no mundo morreram por doenças cardiovasculares. Isso representa 31% de todas as mortes ocorridas naquele ano. Agora quantas pessoas morrem cometendo suicídio ou assassinato porque seu afeto não é correspondido? Não consegui encontrar uma estatística a respeito dessa questão.

Se você não fuma, reduz o sal na comida, consome muito mais frutas e vegetais, e pratica uma atividade física regular e evita o uso nocivo do álcool o seu órgão chamado coração terá sobrevida. Além disso, o tratamento medicamentoso da diabetes, hipertensão e hiperlipidêmica pode ser necessário para reduzir os riscos cardiovasculares e prevenir ataques cardíacos e AVCs.

Certamente você conhece quem fuma, coloca mais sal na dieta, consome pouca fruta e vegetais, não pratica exercícios regular e abusa do álcool porque se sente mal-amadas, não são correspondidas em seus afetos, seus relacionamentos são insatisfatórios. Elas acreditam que a vida lhes nega esse prazer relacional e por isso buscam compensações em outras áreas da vida como nos prazeres alimentares. Você precisa compreender que cada dimensão da sua existência está relacionada ao seu físico, á sua mente, á sua alma, ao seu espírito. O que afeta uma, repercute na outra. Quantas pessoas sentem-se doentes, mas os exames médicos dizem que está tudo bem? Não é apenas da imaginação dela, mas do organismo, do modo de vida e conflitos íntimos não resolvidos.

Preste atenção a cada área da sua vida para identificar não apenas o sintoma, mas a causa. Quando se fala do coração, se refere à mente, ao espírito, a essa interioridade humana que comanda a base de sua existência. Porquê da mente humana é que procedem a distorção do bem, o planejamento homicida, as desculpas para o adultério, a decisão de trocar lealdade por favores, o prazer pelo roubo, mentiras para si e para os outros além de e ultrajes a Deus Pai.6 Aí está a fonte dos seus males. Observe seu organismo. Lembre-se. Desajustes no espírito, na mente, afetam físico e repercute nas diversas áreas da sua vida.


Esta mensagem responde à pergunta: Qual “coração” você precisa dar mais atenção?

Aplicação para a sua vida: O coração onde pulsam seus valores, sua fé, sua capacidade de viver com Deus exige toda sua atenção. O outro depende dele “bater bem” com Deus Pai.


6 Mateus 15.19-20 “Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem.” Os fundadores da Igreja declaram que o Evangelho de Marcos foi escrito depois da morte de Pedro, que aconteceu durante as perseguições do Imperador Nero. A maior parte das evidências sustenta uma data entre 65 e 70 d.C.