share on:

08 de Setembro de 2019

Você considera-se uma pessoa dedicada a que? Ou a quem? Uma causa? No casamento uma pessoa se dedica a outra. Nas eleições o seu voto é dedicado a uma pessoa para cada posto da administração pública. Você pode casar ou votar por medo ou por amor.

Você sabe como a base de cada cultura contém elementos e valores espirituais. A religião de cada povo e até de cada pessoa tem como alicerce a religião. Então quando se quer alterar uma cultura o objetivo básico é eliminar sua religião, seus valores espirituais. No esforço de mudar a cultura de um povo dominado um rei profanou o local do culto do povo dominado. Ele sacrificou um porco no local sagrado. Depois de lutar o povo dominado readquiriu sua independência e fez uma festa para dedicar novamente seu santuário ao seu Deus. Dali surgiu a festa da Dedicação.

Você quebrou compromisso? Contaminou sua dedicação? Então tem a oportunidade, como aquele povo, de renovar sua dedicação, seu compromisso. Você quer dedicar-se novamente por amor ou por temor? Você já percebeu que se sente livre quando se compromete com alguém por amor, por livre e espontânea vontade. O problema comum é que este amor está, contaminado pelo medo, pela culpa, ganância e incredulidade. Certamente se transformará em uma escravidão. Essa escravidão destrói a saúde, os sonhos, a dignidade e a comunhão humana com Deus Pai Criador.

Mas… Sempre há um “mas”. Mesmo Deus em sua palavra registrou a experiência seguinte: “… quem é liberto do pecado contra Deus Pai é feito servo de Deus, tem o fruto para refletir a santidade de Deus e por fim a vida eterna”. Esta é a fé e experiência de quem confia em Cristo Jesus para dedicar-se a Deus. A base da libertação, para a dedicação divina é promovida pelo Espirito de Deus no íntimo da pessoa de qualquer classe social, raça e gênero “…e libertos do pecado, são feitos servos da justiça”5 Esta é a condição do povo de Deus. Servos por amor. Servem porque amam. São livres para servir porque amam e são amados por Deus. Isso é vida cristã o resto é religiosidade escravizante. Você precisa da liberdade para dedicar-se a Deus Pai. Você quer?


Esta mensagem responde à pergunta: O que está envolvido na sua dedicação no compromisso com Deus Pai?

Aplicação para a sua vida: Se a natureza de sua dedicação a Deus Pai, pela fé de Cristo Jesus não é promovida pelo amor do Espirito de Cristo Jesus volte-se para Deus em novo compromisso.


Romanos 6: 19 “Falo isso em termos humanos por causa das suas limitações humanas. Assim como vocês ofereceram os membros dos seus corpos em escravidão à impureza e à maldade que leva à maldade, ofereçam-nos agora em escravidão à justiça que leva à santidade.” Carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade de Roma por volta de 58 d.C.. descreve a vida no Espírito, que é dada pela fé aos que creem em Cristo.