share on:

04 de Julho de 2020

Quando foi a última vez que você participou na organização de um churrasco? Lembra-se? Você e os seus amigos, parentes e conhecidos se organizaram e dividiram as tarefas. Alguns ficaram com a carne, outros com a churrasqueira, carvão. Houve quem trouxe a salada, o arroz e outros elementos do churrasco. De norte e sul do Brasil o churrasco varia na sua composição, mas a carne sobre a brasa é o item comum.

O churrasco assim, conta com a participação de cada pessoa, dentro das possibilidades de cada um. Claro que sempre surge alguém que só traz a própria fome, não é verdade? No final vocês tiveram aquele tempo de
descontração, de confraternização. O sistema utilizado para esse encontro foi o da cooperação. Cooperativismo é o modo de reunir pessoas para desenvolverem uma tarefa que beneficie a todos de modo justo. No cooperativismo busca-se o bem de todos os que participam no desfrutar dos benefícios do trabalho conjunto.

Você sabia que na narrativa da prática cristã cada pessoa é chamada a participar da comunhão divina de modo cooperativo? Cada pessoa que se volta para Deus pela fé de Cristo Jesus é chamada de “cooperadora de Deus”, de “participante da natureza divina”6. Deus nos incluiu em sua obra, não como assistentes, consumidores, mas como cooperadores7. Jesus não nos chama de empregados que trabalham por um mero salário, ou troca de interesses, mas de amigos. Todo estímulo na narrativa divina, registrada na bíblia, e confirmada pelo Espírito divino, é para que o ser humano coopere com Deus e com os outros, nos propósitos de Cristo.

Isso é mais que mera religião, e rituais, carregar alguma amuleto. A comunhão cristã é como que um “churrasco divino”8. Cada ser humano, tocado pelo amor divino, traz suas capacidades e limitações, purificadas pelo amor divino para a convivência com os outros e como Deus Pai. É assim que Deus planejou. Deus coopera conosco quando anunciamos Suas promessas, despertando pessoas para viverem no amor, na graça e na santidade de Cristo Jesus pelo amor e não pelo terror.9 Quando você acolhe o convite e volta para viver com Deus Pai pela fé de Cristo é inserido em um relacionamento de cooperação divina10. Essa é a base da igreja de Cristo Jesus. Verifique se esta é a sua base!

Esta mensagem responde à pergunta: Já considerou sua vida com Deus como um churrasco?

Tarefa para Hoje: A cooperação com Deus revela como o cooperativismo divino só é possível pela mediação de Cristo Jesus. Ele é que nos dá os elementos necessário para sua participação como pecador perdoado.

6 2 Coríntios 6: 1 “E nós, cooperando também com ele, vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão” Segunda carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade grega de Corinto no outono de 55,56 ou 57 depois de Cristo defendendo sua autoridade apostólica e apontando os falsos apóstolos na igreja daquela cidade 7 I Coríntios 3:9 “Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus” .Entre 55 a 57/ o Apóstolo Paulo d.C. responde a 10 questões enviadas pelos cristãos na cidade de Corinto: espírito sectário, incesto, processos, fornicação, casamento e divórcio, ingestão de alimentos oferecidos a ídolos, uso do véu, a Ceia do Senhor, dons espirituais e a ressurreição do corpo. 8 Mateus 22:1-14 O convite de um rei para a festa de casamento de seu filho. A reação dos convidados e o convite feito aos desconhecidos. 9 Marcos 16:20 “E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.” 10 2 Cor 1: 24 “Não que tenhamos domínio sobre a vossa fé, mas porque somos cooperadores de vosso gozo; porque pela fé estais em pé.” Ibidem