share on:

26 de Março de 2019

Você gosta de chocolate? Doce ou amargo? A árvore do cacau, o cacaueiro, é uma planta tropical que se ajusta perfeitamente aos climas do Brasil. É uma fruta que contêm muita água, cerca de 60% dela é retirada para poder produzir o chocolate industrializado.

A origem do chocolate remonta a 1.500 a.C., utilizado por povos que habitavam as terras baixas do Golfo do México. Evidências arqueológicas comprovam que pouco depois os Maias, Toltecas, Astecas consideravam o chocolate o alimento dos deuses. O cacau era usado como uma bebida, ingerida pelos sacerdotes em rituais religiosos. Naquela época, as sementes do cacau, de tão valorizadas, eram usadas como moeda corrente. Por isso, já ouvi em algum canto de São Paulo alguém se referir ao dinheiro usando a palavra “cacau”. Foi Cristóvão Colombo quem levou o cacau para a Europa.

Uma das expressões mais comuns nos cultos a divindade é oferecer o que é valioso. Quando o chocolate era oferecido aos deuses como bebida, revela o valor que alcançou nas culturas antigas. O ato de derramar o lânguido ou oferta sobre uma pedra ou altar chama-se libação.

Um homem chamado Paulo, na Bíblia, comparou sua vida a uma bebida sendo oferecida desta maneira a Deus. Ele gastava-se, esforçava-se para que sua vida proclamasse as virtudes Daquele que o transformou, de perseguidor de cristãos a perseguido pelo amor e graça de Jesus. Fazia isso com toda alegria pelo que experimentara de Deus.

Não sei se você é um chocolate branco, negro ou marrou ou mesmo amarelo ou vermelho, mas oferecer a vida assim é um privilégio que o ser humano pode experimentar como expressão do seu amor a Cristo Jesus. A vida cristã não consiste apenas em alguma frequência aos cultos, atividades religiosas, participar de rituais sagrados, mas a vida como expressão de confiança amorosa, na obediência alegre, por amor a Deus pela fé de Cristo Jesus. Isso é derramar a própria vida, comendo, bebendo, trabalhando como expressão do culto a Deus Pai. Isso é como uma libação, como um gostoso chocolate derramado sobre a terra como expressão do amor divino pelo ser humano. Será que você entende a vida cristã assim? Isso você ainda pode conhecer.


Esta mensagem responde á pergunta: Sua vida é oferecida a Deus no seu modo de viver, trabalhar, amar e servir o semelhante?
Aplicação para a sua vida: Sua vida, suas escolhas refletem se este oferecimento do que é valioso para Deus Pai é real ou apenas um desejo, uma esperança e não uma realidade!


Profeta Jeremias no capítulo 44 relata este ato de culto. Verso “-… fazíamos bolos na forma da imagem dela e derramávamos as ofertas de bebidas?” Profeta no Antigo Testamento por mais de 40 anos (626ª.C.) testemunhou longamente contra a idolatria do povo de Israel corrompendo-se profundamente anos antes da destruição de Judá pela Babilônia.
Segunda carta do apóstolo Paulo ao jovem pastor Timóteo capítulo 4 verso 6 “Eu já estou sendo derramado como uma oferta de bebida” Timóteo Jovem pastor a quem o apóstolo Paulo escreveu duas cartas de instrução em como orientar as igrejas daqueles dias.por volta de 63-64 d.C. Esta é a última carta escrita pelo apóstolo Paulo. Nela lança um último desafio a seus companheiros de trabalho.