share on:

24 de Abril de 2019

Você considera-se jovem? Então esta informação é importante para você.

Notou a dinâmica do trabalho e do sucesso? Primeiro você trabalha e depois recebe. Primeiro você “faz por onde” e depois vai atrás do lucro, certo? Este é um trato trabalhista.

Agora, na vida a dinâmica é completa: primeiro você nasce e depois você vive para aprender e trabalhar. Primeiro você é matriculado em uma
escola, admitido em uma empresa e depois estuda ou trabalha, certo? Frequentar aulas sem matrícula e trabalhar sem o processo de admissão é arcar com prejuízos.

Erro comum é crer que com Deus primeiramente temos que merecer, “fazer por onde” e depois pedir, esperar e até crer que receberemos. Esta é a típica relação de trabalho e não da vida com o Pai Celeste.

Na vida com Deus é preciso primeiramente nascer em uma nova relação com Ele, e crescendo na confiança na pessoa de Cristo Jesus, produzir atitudes compatíveis desta aliança.

Quem recebeu o perdão básico de Deus pode perdoar. Quem experimentou o amor de Deus, sendo ainda inimigo, agora pode também amar os próprios inimigos. Nada Deus nos pede que antes não nos tenha dado. Só quem primeiro recebeu pode dar.

Preste atenção e verifique se você já experimentou do perdão e amor de Deus. Então você pode viver de maneira nova a base dessa vida de trabalho jovem.


Esta mensagem responde á pergunta: Qual é a base divina para o trabalho do jovem?
Aplicação para a sua vida: Essa é a base segura para que o jovem enfrente os desafios profissionais, afetivos e morais para sua vida aqui e com vistas a eternidade.


Mateus 20:8 “Ao cair da tarde, o dono da vinha disse a seu administrador: ‘Chame os trabalhadores e pague-lhes o salário, começando com os últimos contratados e terminando nos primeiros’”. Mateus apresenta esta parábola contada por Jesus que destaca a graça de Deus no pagamento do trabalho feito.” Mateus foi o primeiro Evangelho a ser escrito por volt a de 60-65 d.C.
com o objetivo de mostrar que Ele é o Messias esperado pelos judeus e que traz o Reino de Deus.
1João 4:19 “Nós amamos porque ele nos amou primeiro”. Carta escrita pelo discípulo e apóstolo João, já velho aos cristãos na Ásia por volta do ano 90d.C. para tirar a confusão das mentes dos crentes, confortar e firmar todos no andar verdadeiro.
Romanos 5:8 “Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores”.