share on:

09 de Dezembro de 2019

Você conhece alguém que tenha algum dependente químico na família? Esse é um dos flagelos da humanidade nessa geração. Eles já são conhecidos como “doentes” pois o código Internacional de doenças denominada CID 10. Para cada tipo de droga há classificação médicas pois afetam a capacidade física, mental, psíquica do ser humano em qualquer fase da vida das mais variadas maneiras.

Costumamos falar de droga adição considerando apenas as drogas ilegais Como a dependências de outras naturezas aleijam a capacidade humana de viver seus relacionamentos de modo mais saudável. A dependência química destrói a dignidade humana, seus vínculos familiares, profissionais e sociais e ate consigo.

Conviver com pessoas assim afeta toda a família que convive com elas. A família leva alguns anos para admitir que o problema é real. Depois que admite a existência da doença, demora muito mais tempo para encarar o fato de que no convívio com o dependente químico tornou-se também um codependente. No esforço de recuperar o dependente químico a família toma todo tipo de providencia que longe de ajudar somente compromete a recuperação do dependente e o relacionamento saudável dentro da família.

A família precisa ter em mente que um alcoólico recuperado, um dependente químico recuperado será um eterno viciado, ainda que não utilize a substância. Para eles é uma luta diária não ceder ao desejo de utilizar. Precisam recuperar e manter não apenas a sobriedade, mas a sanidade, os relacionamentos sociais, profissionais, familiares. Cada novo desafio em algum espaço de sua vida precisa de apoio e incentivo, os vínculos de trabalho. A família precisa encarar essa realidade: a dependência química é uma doença crônica, progressiva e fatal. No entanto tem tratamento que envolve a pessoa do dependente e todos aqueles que convivem com ela.

Se você conhece um alcoólico em recuperação coopere e lhe ofereça qualquer tipo de bebida alcoólica está agindo perversamente. Se você não tem problema com bebida, tome-a longe de quem procura manter a própria sobriedade11. Essa atitude você precisa aplicar a todos que á sua volta estão lutando para deixar hábitos que lhe são prejudiciais.12 Vamos, Preste atenção! Seja um agente do bem e será benção para todos.

Resposta a pergunta: Como encarar um alcoólico recuperado?

Tarefa para hoje: Leve a sério e ajude cada pessoa que luta para restaurar a própria dignidade. Não sabote nem o regime dos melhores amigos e amigas. Essa é o principio da espiritualidade cristã.13

11 Romanos 14:22 “A fé que tu tens, guarda-a para ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado é aquele que não se condena naquilo que aprova.” Carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade de Roma por volta de 58 d.C.. descreve a vida no Espírito, que é dada pela fé aos que creem em Cristo. 12 Romanos 14:23 “Mas aquele que duvida, é condenado se comer, pois o que faz não é proveniente da fé; e tudo o que não provém da fé, é pecado.” Ibidem 13 Romanos 14:21 “Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer alguma coisa, em que teu irmão ache tropeço.” Ibidem