share on:

29 de Abril de 2019

Certas preocupações grudam na mente como o chiclete na sola do
sapato. Quem fica preocupado gasta muita energia com o medo. Toma
certas atitudes impulsionado pelos temores. Tem gente que fica tão
preocupada que para de fazer até o que precisa fazer!

Quando você ouve o Espirito de Deus lhe dizendo: “Não viva com tanta preocupação, nessa ansiedade sem limites. Faça diferente: apresente cada
uma de suas necessidades ao próprio Deus Pai. Ore, clame, peça juntamente com ações movidas pela graça divina na sua vida.

Juntamente com a oração, da súplica a Deus, apresente ações de graça. Ações são diferentes de pensamentos, de palavras. Passar roupa, pagar a conta, negociar a dívida, buscar um serviço extra, retornar uma ligação… Cada uma dessas ações pode ser motivada pela preocupação, pelo medo, mas podem ser realizadas por uma mente consciente da graça divina.

Ação de Graça é a expressão de um coração consciente da ação de Deus e das próprias responsabilidades. Ações de graça são expressões da alegria e da esperança viva da benção de Deus.

Depois de uma noite sem pescar nada, um homem, confiando no Senhor Jesus lançou novamente a rede em obediência, em confiança na palavra de Cristo Jesus. Então teve uma ótima pesca. Ele lançou a rede. Ele realizou uma ação de graça porque ela era expressão de um novo conhecimento e relacionamento com Cristo Jesus. O resultado foi surpreendente! Não se trata de alguma nova fórmula religiosa ou evangélica. Trata-se de uma atitude do coração que decide fazer o que é necessário confiando alegremente em Deus Pai e não no trabalho bem feito. Executa a tarefa com o coração descansado no Criador.

Se hoje, depois de perceber a graça de Deus para com você, se deparar com a possibilidade de repetir mais uma vez a tarefa em que já fracassou outras tantas vezes, experimente confiar e obedecer. Repito: não é sal mera ação, ou mesmo repetição. Consiste na motivação adequada diante do Pai em confiança a Ele. O resultado será surpreendente. Isso é ação de graça.


Esta mensagem responde á pergunta: “O que a preocupação pode causar na suas oportunidades de vida? ”
Aplicação para a sua vida: Conhecer a graça de Deus pela orientação do Espirito Santo é perceber o momento de tomar decisões novas, mesmo em situações aparentemente repetidas.


Filipenses 4:6 “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.” Carta do apóstolo Paulo aos cristãos da cidade de Filipos quando estava preso por volta de 62 d.C. demonstra que há alegria e não orgulho na existência humana diante do que Cristo na vida do crente.
Lucas 5:4-6 “E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar. E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede.” Escrito por Lucas, um médico por volta de 59—75 d.C. mostra como Jesus estava em contato com as pessoas pobres, com os necessitados e com os que são desprezados pela sociedade.