share on:

01 de Junho de 2020

Agora ficou mais claro para você que a imprensa e a tv divulgam as notícias segundo sua posição política. Também a história é contada segundo um ponto de vista. Não há a imparcialidade que chamamos de “justiça” na dimensão humana. Aos amigos damos tudo, mas aos inimigos aplicamos rigorosamente a lei. Não é assim? Em cada canto dos relacionamentos humanos você pode notar como a justiça fica prejudicada.

Aquele conselho conhecido “Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos,”1 é pouco praticado. Você pode dizer que isso não é possível. Será que ele parece um tipo de suicídio da lógica humana? Claro que já vi, escrito em algum para-choque de caminhão: “Desejo que Deus dê vida longa aos meus inimigos para que assistam minha vitória de pé”. Isso na verdade é uma vingança sutil.

Quando você firma sua reconciliação com Deus, pela fé na pessoa de Cristo Jesus, tem uma nova perspectiva de si, do próximo e de Deus. Jesus diz aos seus discípulos: “Se alguém fizer mal a você, reaja com a força divina na oração, pois assim agirão do fundo do seu verdadeiro ser, do ser que Deus criou em você. É o que Deus faz. Ele dá o melhor — o Sol que aquece, a chuva que traz vida — a todos, sem distinção: aos bons e aos maus, aos simpáticos e aos antipáticos. Jesus disse: ”Se tudo que vocês fazem é amar apenas quem é amável, que recompensa esperam receber? Qualquer um pode fazer isso. Querem uma medalha por cumprimentar apenas os que são simpáticos com vocês? Qualquer pecador e pagão desqualificado age assim. Resumindo, o que quero dizer é: cresça. Você é súdito do Reino de Cristo; trate de viver como tal. Assuma sua identidade, criada por Deus. Reaja com generosidade uns para com os outros, pois Deus age assim com você”2. A lógica é divina, mas é também humana aos que amam a Deus pela fé de Cristo Jesus. Você já tomou essa decisão?

Esta mensagem responde à pergunta: Como identificar a justiça nas notícias que você ouve?

Tarefa para Hoje: Não ignore como você reage ás agressões. Não esconda de si, mas note onde precisa experimentar, conhecer o acolhimento divino pela fé de Cristo Jesus.

1 Mateus 5:43-45 Mateus o coletor de impostos, desprezado pelos judeus, mas discípulo de Jesus é nome do primeiro livro do Novo Testamento. Escrito por volta de 60-65 d.C. mostra que Jesus é o Messias esperado pelos judeus e que traz o Reino de Deus. 2 Mesmo trecho de Mateus 5:43-45 na versão de A Mensagem de Eugene Peterson adaptada pelo redator.