share on:

Amado Senhor, tu criaste o homem para ser um administrador responsável da dádiva da vida, mas é frequente que os impulsos naturais e a pressão da minha carne me exponham à tentação. Peço que me concedas a capacidade de disciplinar a mim mesmo e a honrar-te em todos os meus pensamentos, palavras e atos (Jó 31.1).