share on:

Quando aceitamos as promessas de Deus sobre a vida futura, podemos orar para resolver discórdias sobre disputa de território e bens materiais. “Vocês não sabem que os santos hão de julgar o mundo? Se vocês hão de julgar o mundo, acaso não são capazes de julgar as causas de menor importância? Vocês não sabem que haveremos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas desta vida!” (1 Coríntios 6.2-3)