Tribo do Quênia tem Novo Testamento traduzido em seu idioma

share on:

10/01/2019

Em um calor sufocante e com sorrisos contagiantes, mais de mil Rendilles, etnia de língua cushita localizada no nordeste do Quênia, junto com dezenas de pessoas de outras tribos se reuniram para receber o Novo Testamento completo traduzido para sua língua materna.

Mulheres dançavam e agitavam o pó do solo com os pés, e centenas de colares de contas batiam nos ossos proeminentes de seus corpos magros. Caixas de papelão empilhadas e amarradas à corcunda de camelos levaram a palavra de Deus em uma espécie de Domingo de Ramos moderno, com as pessoas acenando com seus gravetos secos, ao invés de galhos de palmeira, na expectativa de receberem suas Bíblias. O relato é da repórter Ann Voskamp, do portal cristão Christianity Today.

Localizado no continente africano o Quênia tem o inglês e o suaíli com línguas oficiais. Porém o país tem 47 tribos diferentes que tem seus próprios idiomas. O Quênia tem mais de 44 milhões de habitantes e o cristianismo é a religião predominante.

A tradução do Novo Testamento para Rendille foi uma das mais de 120 que ocorreram na África somente em 2018. O trabalho só foi possível porque há mais de três décadas, dois missionários de duas tribos de Rendille, começaram a estabelecer as bases para traduzir partes de ambos os Testamentos para a língua cushita. O projeto se concretizou nos últimos três anos, graças à tecnologia, aos métodos de consultoria e a imaginação dos primeiros missionários.

Fonte: Guiame e Christianity Today

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial