Projeto de nutrição atende 130 pessoas em Guine Bissau

share on:

06/11/2017

A Junta de Missões Mundiais, agência missionária da Convenção Batista Brasileira, mantém o programa Pão Nosso, que atende com cuidados de nutrição prioritariamente crianças e mulheres grávidas e lactantes. Atualmente o programa é aplicado em comunidades de Guiné-Bissau, Moçambique e outro país africano que não pode ser citado por se tratar de área de perseguição a cristãos.

Em Guiné Bissau, o programa Pão Nosso atende mensalmente cerca de 130 pessoas, entre elas mulheres gestantes e crianças de até cinco anos, por meio do projeto “Sementinha de Vida”. O atendimento acontece em cinco lugares diferentes do país.

José Roberto, missionário responsável pelo projeto, falou que o desejo deles é ampliar este atendimento mensal através da capacitação de agentes comunitários e de saúde que poderão realizar o acompanhamento nutricional e outras práticas profiláticas de saúde nas comunidades, com o apoio técnico de sua equipe.

O “Sementinha de Vida” dá orientação aos moradores das comunidades. Atualmente dois estudantes de medicina auxiliam com palestras, controle de saúde primaria e no atendimento básico feito mensalmente.

Roberto relatou que as comunidades recebem com alegria os atendimentos e palestras, pois na maioria dos lugares o serviço de saúde mais próximo fica muito distante. Ele salientou ainda que quando há atendimento próximo, não é oferecido com o mesmo amor e carinho dado pelos agentes do projeto.

Em Guiné-Bissau, assim como em vários lugares do mundo, a má nutrição nem sempre é causada pela escassez de alimentos, mas sim pela má educação nutricional. O país tem quase 2 milhões de habitantes, um dos piores Índices Desenvolvimento Humano do mundo, ocupando a posição 178 no ranking, e mais de dois terços da população vive abaixo da linha da pobreza.

Para saber contribuir ou saber mais sobre o projeto acesse o site: missoesmundiais.com.br.

Fonte: Missões Mundiais

Ouça a reportagem:

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial