Projeto de alfabetização impacta aldeia em Guiné Bissau

share on:

05/07/2017

Faz dois anos que a missionária Rosenilda Assis começou, na aldeia de Ponta Vicente, em Guiné Bissau, um projeto de alfabetização de adultos e também um jardim de infância na língua local, balanta. Ela é ligada a Junta de Missões Mundiais, organização missionária da Junta Batista Brasileira. O acolhimento do projeto por parte da aldeia foi tão extraordinário que foi deles a sugestão do nome “Bu Wakele“, que quer dizer “Deus nos abençoou” em português.

Rosenilda disse ter ficado admirada e feliz pelo significado do nome escolhido e pelo reconhecimento deles em pronunciar que veio de Deus a bênção do jardim de infância para a aldeia. Ela citou também que o homem mais antigo da aldeia à época do começo do projeto, falou querer que as crianças da aldeia cresçam diferentemente dele e dos outros adultos. Ele disse ainda que deseja uma escola e uma igreja na aldeia, para que o povo conheça a Deus.

O jardim de infância começou com poucas crianças, e hoje já são 11 alfabetizadas e seguindo para a primeira classe. Neste ano, aconteceu mais uma formatura. Segundo Rosenilda, foi uma linda festa, com belos testemunhos dos pais que pediram, em nome de Deus, para não deixar seus filhos irem para a escola do estado, pois estavam admirados em ver seus filhos escrevendo o nome completo.

Uma mulher adulta disse que só via ricos brancos escrevendo e que agora pode ver, também, os meninos da aldeia. Ela disse que também quer ir para a escola. Outro pai fez um apelo para construção de mais salas de aula para aumentar o número de crianças atendidas. Ele terminou dizendo que o projeto não pode parar e que somente Deus pode retribuir por tudo o que está acontecendo.

Guiné Bissau tem aproximadamente 1 milhão e 800 mil habitantes e fica na África Ocidental. Apesar de, assim como o Brasil, ter sido colonizada por Portugal, o idioma mais falado no país é o criolo. O português é a segunda língua. Pesquisas apontam que de 2002 pra cá, o índice de analfabetismo em Guiné Bissau caiu em 15%, mas 45% da população ainda é analfabeta.

Confira a Reportagem:

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial