Pastor Andrew Brunson é libertado de prisão na Turquia

share on:

15/10/2018

O pastor norte americano Andrew Brunson, prisioneiro na Turquia há mais de dois anos foi libertado na manhã desta sexta-feira, dia 12 de outubro. Como noticiamos em julho, Brunson, que é da Carolina do Norte, viveu na Turquia por mais de 23 anos com sua esposa e três filhos. Ele serviu como pastor na Igreja da Ressurreição de Izmir até ser detido em outubro de 2016, por ter sido acusado de participar de uma tentativa de golpe contra o governo turco, em julho do mesmo ano.

Na sexta-feira um tribunal turco condenou o pastor por acusações de terrorismo e espionagem relacionadas ao fracassado golpe contra o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. Apesar de tê-lo condenado a mais de três anos de prisão, o tribunal o libertou por conta do tempo já cumprido em detenção e por bom comportamento.

Brunson nega todas as acusações. Se for condenado ele pode pegar até 35 anos de prisão. O caso do pastor Andrew Brunson, gerou tanto engajamento que até o presidente norte americano Donald Trump, e seu vice Mike Pence ameaçaram a Turquia de sanções econômicas caso o ele não fosse colocado em liberdade.

As declarações dos líderes do governo dos Estados Unidos aconteceram em julho, coincidência, ou não depois de ter ficado em diversos centros de detenção desde a sua prisão em outubro de 2016, em julho Brunson passou a cumprir sua pena em prisão domiciliar.

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans