Parlamentares britânicos propõe a ONU Dia Internacional em homenagem a vítimas de perseguição religiosa

share on:

10/07/2018

Hoje existem mais de 215 milhões de cristãos perseguidos no mundo inteiro. Infelizmente eles não são lembrados pelos cristãos que não estão na mesma situação, e nem pela comunidade internacional.

A possibilidade do estabelecimento de um memorial ajudaria a mudar essa realidade. A Organização das Nações Unidas recebeu apelo para estabelecer um Dia Internacional que homenageie vítimas e sobreviventes de perseguição religiosa. O dia proposto por parlamentares britânicos é 3 de agosto, dia em que o Estado Islâmico iniciou campanhas genocidas contra cristãos, o yazidis, religião sincrética com forte incidência no Iraque, e outros grupos minoritários.

De acordo com a parlamentar britânica Fiona Bruce, há uma preocupação com o crescimento da perseguição religiosa mundial contra grupos minoritários. É necessário diminuir as violações dos direitos de liberdade religiosa e crença e considerar planos de ação, para que estes incidentes não resultem em crimes de guerra ou genocídios.

A ONU estabelece datas específicas para marcar ou aumentar a consciência sobre eventos ou tópicos como Juventude, Mulheres ou Liberdade Religiosa.

Para mais informações sobre a situação de cristão perseguidos, acesse o site: Portas Abertas. A missão se dedica a dar suporte a cristão perseguidos por causa de sua fé em mais de 50 países.

Fonte: Portas Abertas

 

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial