Nova geração de cristãos está revolucionando a igreja no Oriente Médio

share on:

04/09/2018

Uma nova geração de cristãos está revolucionando a igreja no Oriente Médio e Norte da África. Se em alguns países do mundo árabe, como Egito, Síria e Iraque, perdura através dos séculos a presença das chamadas igrejas históricas ou tradicionais, em outros países, uma igreja com uma cara nova está se formando, por meio de uma primeira geração de cristãos, formada por ex-muçulmanos que se converteram a Cristo.

Desiludidos com o extremismo religioso islâmico, muitos jovens buscam uma alternativa e encontram em Cristo a resposta. Esse movimento tem levado uma nova dinâmica para a existência da igreja na região. Essa nova igreja tem vencido os desafios e saído do isolamento, formando comunidades de cristãos, mesmo que sejam on-line. O jovem cristão iraniano Hamid, é um exemplo que ilustra esse movimento. Ele produz podcasts, programas de rádio disponibilizados via internet, para jovens da igreja doméstica do Irã. Além disso, promove encontros secretos de jovens cristãos. Assim, eles formam uma rede tanto on-line quanto presencial e desfrutam do crescimento proporcionado pela comunhão.

O Irã tem o islamismo como religião oficial. Em sua população de quase 81 milhões de pessoas, apenas 800 mil são cristãos. O pais ocupa a 10º posição entre os países que mais perseguem o cristianismo, segundo a Lista Mundial da Perseguição elaborada pela missão Portas Abertas.

Fonte: Portas Abertas

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans