Missionários levam futsal às Ilhas Salomão como projeto social

share on:

Uma iniciativa missionária garantiu a presença da seleção de futsal das Ilhas Salomão na Copa do Mundo da modalidade.

O evento acontece na Colômbia durante este mês de setembro. O pequeno país da Oceania é tido como um dos mais pobres da região, com registro de graves casos de corrupção. Um projeto da Igreja Batista Dural, da Austrália, ajudou os salomônicos a descobrirem o esporte. O casal de missionários Brian e Sarah Codrington desembarcou no arquipélago com população de 561 mil pessoas em dezembro de 2000, com a incumbência de iniciar uma igreja e ajudar famílias. Eles apresentaram o esporte como forma de inclusão social e abertura de relacionamento, para que então, pregassem o evangelho. A equipe já fez um amistoso contra a Seleção Brasileira, pentacampeã da modalidade, e perderam de 18 a 0. Apesar da derrota, a equipe estava contente por esse acontecimento inédito.