Missionários ajudam a resgatar mais de 200 prostitutas da escravidão sexual na Tailândia

share on:

26/12/2017

A organização cristã norte americana World Help interveio na vida de mais de 244 mulheres e meninas, prisioneiras da indústria do sexo na Tailândia. Eles ofereceram a elas a oportunidade de mudar suas vidas e encontrar seu verdadeiro valor em Cristo. A ação realizada pela organização se chama “Noite de Liberdade”.

Para viabilizar a ação missionários locais e colaboradores da World Help passaram inúmeras horas em bares, tentando construir vínculo com essas mulheres, para convencê-las a escapar da “escravidão sexual”. Noel Yeatts, vice-presidente da World Help, falou que essas meninas entram neste trabalho porque são muito pobres, além do fato de que na Tailândia é cultural que a filha tenha a responsabilidade de sustentar sua família. Ele ressaltou que elas saem de áreas rurais em busca de uma fonte legítima de trabalho. Mas quando chegam na cidade sem educação formal ou alguma especialização, elas acabam sem outra alternativa senão aceitar se prostituir.

De acordo com Noel, esta é a primeira vez que os fundos são destinados a “Noite da Liberdade”. Cerca de 26 mil dólares foram arrecadados de 38 países como doação para este evento.

Para tirar as garotas dos locais de trabalho missionários tiveram que pagar uma taxa aos estabelecimentos. Depois da autorização, elas foram levadas para outro local onde receberam alguns presentes e um evangelista tailandês compartilhou a mensagem do Evangelho com elas.

Todas as meninas receberam uma Bíblia e a possibilidade de deixar a indústria do sexo e se mudar para um abrigo. Além disso, aquelas que eram de idade escolar receberam a chance de matricular-se na escola.

Noel participou de um dos grupos e compartilhou que uma garota queria ser engenheira e outra queria ir à escola de culinária. Ele finalizou dizendo que primeira vez em suas vidas, elas têm a possibilidade de verem seus sonhos se tornarem realidade.

Fonte: Guiame

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial