share on:

Jean, um colaborador da Missão Portas Abertas que liderava uma igreja na região de Djibrili, cidade ao Norte de Camarões, contou sobre o que o povo tem enfrentado nas mãos dos militantes. Segundo ele, desde 2014 os cristãos estão sendo perseguidos incessantemente. Aos cristãos, foi negado o acesso às estradas e todos os caminhos que levam a alguma fonte hídrica. Quando eles vão comprar água, o preço é 4 vezes mais caro do que o cobrado dos muçulmanos. A pressão sobre a igreja em Camarões aumenta a cada dia. Aqueles que não desistem de seguir a Jesus são ameaçados abertamente. Jean conta que já foi perseguido pelo grupo quando saiu da igreja e estava a caminho de casa. Depois disso, ele teve que ir embora. Ele pede oração para que Deus cure os momentos traumáticos vividos por ele e por pessoas próximas.

FONTE: Site Portas Abertas