Justiça impede cultos domésticos em Mianmar

share on:

05/03/2018

Em Magwe, uma divisão administrativa de Mianmar, líderes de vilarejos receberam uma notificação proibindo cristãos de fazer os cultos nas casas. Cultos de adoração na igreja são permitidos somente quando os cristãos conseguem entrar com um pedido oficial às autoridades. A notificação foi enviada no final de janeiro, mas não explica quais são os requisitos necessários para que os cultos nos lares sejam legalmente permitidos. O não cumprimento ou a violação dessa ordem está sujeita a ações judiciais.

A notificação foi enviada devido à reclamação dos moradores do vilarejo contra um pregador cristão, identificado pelo codinome de Sr. Pu. Ele se reunia com outros 30 cristãos todos os domingos em uma casa para cultuar a Deus.

Mianmar fica localizada no sudeste asiático, tem aproximadamente 55 milhões de habitantes, das quais mais de 4 milhões são cristãos e sua religião oficial é o budismo. O país ocupa a posição 65 no ranking da perseguição feito pela missão Portas Abertas.

Fonte: Portas Abertas

 

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial