Jovem muçulmana das Filipinas ajuda cristãos

share on:

02/04/2019

No sul das Filipinas, grupos islâmicos estão engajados em uma revolta pela independência da província Mindanao. A região é de maioria muçulmana, há décadas. Cerca de dois anos atrás, um desses grupos atacou a cidade de Marawi e a tomou por cinco meses, destruindo grande parte da cidade e causando o deslocamento de quase meio milhão de pessoas. Eles também fizeram mais de dez cristãos cativos, inclusive um líder.

Foi esse evento fez a jovem Hidaya Macaapar Sultan, tomar uma atitude. Ela que é muçulmana e tem 22 anos, decidiu ajudar as pessoas em colaboração com grupos religiosos. Hoje, Hidaya trabalha como assistente social em uma igreja cristã local. Eles providenciam ajuda humanitária para mais de 11 mil pessoas, inclusive 300 famílias cristãs, que ainda estão esperando para voltar para casa em Marawi. Ela diz que a fé não deveria impedir a colaboração de pessoas de diferentes religiões. Hidaya afirmou que “viu muita gente sofrer por causa da guerra, e que também testemunhou como vidas podem ser salvas quando diferentes religiões trabalham juntas”. Segundo a missão Portas Abertas o envolvimento de jovens muçulmanos como Hadaya ajuda na implementação de programas, pois eles conhecem o cenário social e cultural.

Fonte: Site da Portas Abertas

 Produção e apresentação:Daniel Beltrão
Coordenação:Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização:Rádio Trans Mundial