Islamismo e satanismo são desafios para pregação do evangelho entre os italianos

share on:

26/09/2019

Dos cerca de 60 milhões de habitantes do país, 74% são católicos, mas apenas 24% praticantes. Roma é sede mundial da Igreja Católica, contudo, nela está localizada também uma das maiores mesquitas da Europa. O islamismo cresce e já alcança 3% dos habitantes do país. Cerca de 22% dos italianos se declaram agnósticos, ateus ou sem religião. Além disso, 100 mil bruxos trabalham em tempo integral na Itália. O satanismo é forte, sobretudo na região de Torino. Os protestantes representam só 1% da população, cerca de 700 mil pessoas. As igrejas possuem, em média, 45 membros. Para cada 380 mil italianos existe um pastor. Dos mais de oito mil municípios italianos, apenas 5% têm presença de trabalho evangélico.

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial