Igreja síria se transforma em “Centro de Esperança”

share on:

09/02/2018

Há sete anos os cristãos na Síria vivem em um país despedaçado pela guerra. A missão Portas Abertas, organização que atua no apoio a cristãos perseguidos, junto com parceiros locais estão transformando as igrejas em “Centros de Esperança” para as comunidades.

Roger, que coordena o trabalho na Síria, falou que um “centro de esperança” é um lugar onde a igreja local pode criar, manter e fortalecer relacionamentos com a comunidade. Ele afirmou ainda que o objetivo final é construir e apoiar uma vida saudável e sustentável.

São desenvolvidas atividades que proporcionam uma vida melhor para os cristãos e toda a comunidade. Para desenvolver a espiritualidade são realizados treinamento de discipulado, distribuição de literatura cristã, grupos de estudo da Bíblia e reuniões de oração. Há também atividades como teatro e aconselhamento pós trauma, que visam promover saúde emocional e psicológica aos participantes. Como a necessidade é muito grande, também são desenvolvidas atividades de caráter assistencial, como distribuição de alimentos e produtos de higiene, assistência médica, coordenação de reparos domiciliares e projetos de microcrédito.

Desde o início do ano, a missão Portas Abertas está trabalhando com a colaboração de duas igrejas. A meta é atingir cinco novas parcerias com igrejas a cada trimestre, totalizando 20 parcerias neste ano.

Fonte: Porta Abertas

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial