Igreja na China terá mais restrições em 2017

share on:

Os cristãos chineses estão preocupados com os novos regulamentos do governo sobre a religião no país.

Um novo projeto de lei visa proibir a realização de atividades religiosas de qualquer instituição em locais não autorizados. Isso inclui treinamentos e conferências. Grupos religiosos também não poderão participar de eventos no exterior e nem mesmo receber doações.  Além disso, o número de incidentes contra igrejas continuam sendo relatados na China. Na conferência do Partido Comunista da China, que vai acontecer em 2017, todos saberão o que realmente o presidente planeja. Ore pela igreja na China, para que os líderes sejam estratégicos ao lidar com as futuras restrições.