Extremistas atacam 150 cristãos indianos durante oração e deixam 10 mortos

share on:

11/07/2018

Um grupo radical hindu de 35 pessoas atacou mais de 150 cristãos enquanto eles oravam. O ataque aconteceu no distrito de Pratapgarh, estado de Uttar Pradesh, na Índia. Dez pessoas morreram e 20 ficaram gravemente feridas.

A International Christian Concern, organização cristã norte americana que oferece apoio a cristãos perseguidos em todo mundo, declarou que o ataque aconteceu no dia 2 de julho durante a reunião de oração. Ram Kumar Gautam, cristão, 42 anos e líder das reuniões há mais de 5 anos afirmou que os radicais chegaram em veículos. Os agressores invadiram a sala de reunião e espancaram as pessoas com varas de madeira.

Gautam, salientou, além dos cristãos feridos e dos 10 motos, outras propriedades foram danificadas. Ele falou também que os radicais hindus apresentarem acusações criminais contra seis dos cristãos, incluindo ele, acusando-os de converter as pessoas ao cristianismo.

Paradoxalmente a constituição indiana permite a que todo individuo professe e pratique sua fé livremente, mas não permite que se influencie alguém a mudar de religião.

Ao agredir e matar os cristãos, esses radicais hindus violaram o direito das vítimas. Segundo autoridades locais os 35 hindus deveram ser levados à justiça.

Fonte: Guiame

 

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial