Cristãos perseguidos são visitados e amparados na Filipinas

share on:

24/07/2017

Em uma arriscada ação, dois missionários levaram ajuda a uma equipe que atua em Marawi, maior cidade na ilha de Mindanao, nas Filipinas. Os dois são colaboradores da agência missionária Portas Abertas e por segurança não podem ser identificados. Essa região é um centro de conflitos entre o governo e o grupo Maute, que é formado por jihadistas leais ao Estado Islâmico. Um dos missionários, identificado como Khalil, disse que Marawi está fechada e os militares não permitem que civis entrem na cidade. Quem realmente precisa entrar, deve recorrer aos procedimentos rigorosos impostos pelas forças armadas e pela Polícia Nacional das Filipinas.

Através de um líder cristão, eles enviaram alimentos e ajuda financeira. A previsão é que a ajuda dure apenas de três a cinco dias. Khalil contou que as mercadorias não são exclusivas para cristãos e que certamente os alimentos serão compartilhados com os parentes muçulmanos. Segundo ele isso é bom, porque impede que esses cristãos sejam perseguidos e também abre oportunidade de o evangelho ser pregado a muito mais pessoas.

Sabe-se que falar de Jesus Cristo no contexto muçulmano é algo perigoso. Khalil relatou que alguns dias atrás Bíblias foram encontradas entre os pacotes de ajuda, causando tumulto entre a comunidade islâmica e os advogados que lutam pela paz na região. Todo material foi distribuído a 300 famílias por uma ONG cristã. Khalil explicou que esse tipo de ação ofende alguns muçulmanos mais radicais que chegam a queimar as Bíblias.

O cristianismo não é bem-vindo em nenhuma região onde o Estado Islâmico atua, onde a igreja é pressionada e os cristãos hostilizados. Embora Filipinas não esteja na Lista Mundial da Perseguição, a região sul já experimentou a perseguição religiosa. Recentemente, jihadistas sequestraram mulheres e líderes cristãos por lá.

Fontes: Portas Abertas

Confira a Reportagem:

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial