Cristãos estrangeiros são expulsos da Argélia

share on:

22/03/2018

O aumento da perseguição aos cristãos na Argélia vem aumentando recentemente. Além da pressão aos cristãos cidadãos do país, outras formas de restrição também foram relatadas nos últimos meses. Em dezembro de 2017, um cristão francês que morava em Oran há vários anos teve sua entrada negada no país.

O pastor Louis Martinez, de 60 anos, juntamente com a esposa, administrava uma escola de francês. De acordo com o grupo cristão de advocacia Middle East Concern, o pastor Martinez foi barrado no aeroporto de Oran. Pediram que ele mostrasse seu visto de residência no país. O documento tinha sido obtido recentemente e era válido por dez anos. Mesmo respaldado por todo protocolo exigido para sua permanência, ele foi informado que deveria deixar o país.

As autoridades não deram motivos para sua deportação. A esposa do pastor teve tempo apenas de organizar a família e a escola de francês e recentemente também deixou o país.
A Argélia fica no norte da África, tem 41 milhões de habitantes dos quais mais 68 mil são cristãos. O país que ocupa a 42ª posição na Lista Mundial da Perseguição elaborada pela Portas Abertas em 2018. A missão pede oração pelos cristãos da Argélia.

Fonte: Portas Abertas

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial