share on:

Recentemente, no Cazaquistão, 6 cristãos com deficiência auditiva foram detidos enquanto estavam numa cafeteria. Eles estavam na cidade de Atyrau, na margem Norte do mar Cáspio. Os cristãos estavam se comunicando em linguagem de sinais a respeito de Deus. Os a policiais interromperam conversa e os acusaram de promover “encontro religioso ilegal”. Também disseram que o local não era registrado pelas autoridades do país. O grupo foi mantido na delegacia durante 5 horas e depois foram liberados. No Cazaquistão, que é regido por um governo ditatorial e radical, a pressão sobre os cristãos tem aumentado.

FONTE: Site Portas Abertas