Cristãos brasileiros oram pela Igreja indiana

share on:

28/05/2018

Ontem, 27, a Portas Abertas, organização cristã presente há 40 anos no Brasil e que atua em mais de 60 países em apoio aos cristãos perseguidos por sua fé em Jesus, realizou o DIP – Domingo da Igreja Perseguida. Essa foi a 30º edição do evento que uniu mais de 9 mil igrejas em todo Brasil para orar pelos cristãos perseguidos na Índia. Em cada edição é escolhida uma nação diferente. A Índia é um país que tem 5 religiões predominantes: Hinduísmo, islamismo, cristianismo, sikhism e o budismo. Com 1 bilhão e 300 milhões de habitantes é o segundo país mais populoso do mundo, perdendo somente para China. Aproximadamente 64 milhões de indianos são cristãos e o país ocupa a 11º posição no ranking da perseguição feito pela Portas Abertas.

Estima-se que mais de 1 milhão de cristãos brasileiros oraram pela igreja perseguida indiana. Além de momentos de oração a igrejas usaram a criatividade para demonstrar a situação dos cristãos no país asiático. Na igreja Casa da Rocha, que fica na Vila Monumento, em São Paulo, o pastor trouxe uma mensagem missionária, que foi propositalmente interrompida três vezes. Nesses cortes, pessoas caracterizadas de indianas falavam sobre o DIP, a Índia e o testemunho de uma cristã indiana.

Na igreja Missionária Ministério Pão da Vida, que também fica na cidade de São Paulo, as crianças apresentaram uma peça abordando a vida do cristão indiano Jitendra, que foi preso e agredido, e sobre a como vivem as viúvas da Índia.

Fonte: Portas Abertas

 

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial