Conheça as dificuldades da igreja na Mauritânia

share on:

A igreja na Mauritânia sempre passou por grandes dificuldades.

O país é muito fechado em todos os sentidos para os cidadãos em geral, e os cristãos enfrentam ainda o extremismo islâmico e o rigor das leis de apostasia. Como a constituição reconhece o islamismo como a única religião nacional, a prática do cristianismo é vista como um crime.  A nação também está entre as mais pobres do mundo, então a igreja é carente de recursos. O nível de analfabetismo é agravante e mesmo que houvesse Bíblias para os fieis, eles não poderiam ler. Há necessidade de líderes com amplo conhecimento e experiência evangelística. Há vários cristãos isolados em aldeias, alguns estão presos e sendo torturados. Ore por esses irmãos que não têm liberdade para adorar a Deus e para que mais missionários se disponham a esse país.