Asia Bibi é impedida de sair do Paquistão

share on:

13/02/2019

Apesar da decisão final da Suprema Corte que rejeitou uma exigência final de extremistas islâmicos para que sua absolvição fosse anulada, a cristã Asia Bibi, que ficou 9 anos no corredor da morte por ter sido acusada de blasfêmia contra o profeta Maomé, está sendo impedida de sair do Paquistão. Após sua sentença de morte ser revogada em outubro passado, o partido radical islâmico, TLP, entrou com recurso no tribunal e pediu revisão da pena. Em janeiro, a Suprema Corte rejeitou o recurso final e exigiu que Asia Bibi fosse libertada imediatamente.

Bibi, que corre risco de morte permanecendo no Paquistão, foi transferida para uma nova suposta “área segura” e não pode deixar o país que a aterrorizou na última década. A informação é de Aman Ullah, amigo e ativista que trabalhou na defesa de Asia Bibi. Ele disse à Associated Press que, junto com seu marido, a cristã foi transferida para um local em Karachi. De acordo com Ullah, os dois estão trancados em uma sala, cuja porta só abre nos “horários das refeições”. Ao jornal inglês The Guardian, Ullah explicou que suas conversas com diplomatas resultaram na promessa de que Bibi seria libertada “a médio prazo”. Ele foi forçado a fugir do país devido a ameaças de extremistas islâmicos que surgiram como resultado de seu trabalho em defesa de Bibi.

Fonte: Sites The Guardian e CBN News

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão:André Castilho
Realização:Rádio Trans Mundial