Após ser agredido, grupo de cristãos é detido na Índia

Compartilhe em:

06/11/2018

Um grupo de líderes cristãos estava reunido em um hotel na Índia para discutir e preparar as programações de Natal. Enquanto a reunião transcorria eles foram surpreendidos pela chegada um grupo de extremistas religiosos acompanhados por policiais. Os extremistas começaram a bater nos pastores e líderes e gritar palavras de ordem anticristãs. Tudo isso aconteceu na frente dos policiais. Depois a polícia levou um pastor e outros dozes cristãos, incluindo algumas mulheres, para a delegacia.

Esse caso ilustra a situação dos cristãos perseguidos na Índia. Pelo simples fato de serem cristãos, eles não têm seus direitos preservados e as autoridades são coniventes com a violência e exclusão que enfrentam.

A Índia ocupa a 11ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018. O país tem uma população de 1 bilhão e 300 mil pessoas, das quais aproximadamente 64 milhões são cristãos. A missão Portas Abertas, organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus, pede oração para que os cristãos indianos sejam fortalecidos e recebam do alto toda sabedoria e recursos para lidar com situações tão desafiadoras.

Fonte: Portas Abertas

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial