Absolvição de Asia Bibi em jogo

share on:

29/01/2019

No dia 31 de outubro de 2018 nos noticiamos que Asia Bibi tinha absolvida após 9 anos de prisão por supostamente ter insultado o profeta Maomé. Sem evidências e com testemunhos contraditórios a Suprema Corte do Paquistão foi obrigada a soltar Asia. Infelizmente a batalha ainda não está ganha. Após muitos protestos organizados pelo TLP, um partido político islamista que foi fundando para “proteger” as leis de blasfêmia, pararam o país, até que a Suprema Corte prometeu rever sua prévia decisão. O apelo contra sua absolvição foi impetrada por Gulam Mustafa Chaudhry, um advogado que demonstrou sua hostilidade em relação às minorias cristãs do Paquistão e é inflexível em garantir que as leis de blasfêmia do país permaneçam firmes e sejam um lembrete constante da forma como organizações, como o TLP, estão dirigindo o país.

A decisão pela manutenção da absolvição ou pela aceitação do apelo contra a decisão de absolvê-la vai ser tomada hoje, terça feira, dia 29. Os cristãos do Paquistão estão orando para que a absolvição seja mantida. A decisão da Suprema Corte será um indicador para os cristãos e outras minorias religiosas paquistanesas quanto a garantia de proteção de seus direitos.

Após ser absolvida, Asia Bibi foi libertada da prisão, mas foi proibida de deixar o país, mesmo sob ameaças de morte. Ela está escondida e aguardando a revisão da decisão da Suprema Corte.

A missão Portas Abertas pede oração para que a absolvição não seja derrubada, e para que Asia Bibi possa deixar o país e viver em segurança com sua família.

Fonte: Portas Abertas

Produção e apresentação:Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão:André Castilho
Realização:Rádio Trans Mundial