Mais de 50 pessoas se entregam a Jesus após pregação de missionários em hospital do Vietnã

share on:

20/07/2018

A precariedade dos hospitais do Vietnã, país que vive em um regime comunista, tem sido uma oportunidade para missionários levarem esperança aos pacientes através do evangelho. A situação é tão grave que pacientes com câncer se alimentam apenas do que as famílias levam para hospitais, que estão superlotados de doentes e são colocados em macas nos corredores. Frequentemente, dois pacientes têm que dividir o mesmo leito.

Diante da agonia física, emocional e espiritual dessas pessoas, missionários nativos do Vietnã estão levando a esperança de Cristo para os hospitais da cidade de Ho Chi Minh, oferecendo às pessoas leite, biscoitos e o amor de Deus. Aproximadamente 60 vietnamitas aceitaram Jesus e, em vários casos, os pacientes foram curados pela oração. Um missionário da Christian Aid contou que muitos parentes de pacientes têm crido em Cristo, por testemunharem esses milagres.

Para discipular os novos convertidos, o ministério enviou um pastor para suas casas a fim de ensinar a Bíblia. Ele disse que alguns desses pequenos grupos sofrem perseguição de não-crentes e autoridades nas aldeias, mas permanecem fortes em sua fé. Muitos pacientes vêm de aldeias tribais onde o Evangelho é desconhecido. Os pacientes geralmente permanecem no hospital até duas semanas e os missionários nativos conseguem discipulá-los em suas casas.

O Vietnã é um dos poucos estados comunistas remanescentes no mundo. Seus governantes veem a Igreja como um grupo perigoso por sua capacidade de mobilizar massas de pessoas. Segundo a organização Portas Abertas, nos últimos anos, o governo comunista vem reforçando os controles sobre a liberdade de expressão, associação e culto.

Fonte: Guiame

 

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Kaká Rodrigues
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial