Leis de trânsito

share on:

11/01/2018 – FIQUE POR DENTRO
O ano promete algumas mudanças na legislação brasileira no que diz respeito às regras de trânsito. Confira algumas das principais alterações da legislação de trânsito brasileira:

Pedestres e ciclistas: A partir de abril, começarão a valer as multas de R$44,19 reais a pedestres e de R$130,16 reais a ciclistas que circularem fora das áreas destinadas a eles.

Pena maior para motoristas bêbados: Também em abril, aumentará a punição para motoristas alcoolizados que provocarem morte no trânsito. A pena, que hoje é de 2 a 4 anos de prisão, passará a ser de 1 a 8 anos.

CNH digital: Até 1 de fevereiro, todos os DETRAN’s devem estar aptos a emitir a CNH digital, que fica armazenada no celular do motorista e tem o mesmo valor jurídico do documento em papel.

CNH com chip: A CNH vai mudar novamente e se tornará um cartão de plástico com microchip, que reunirá informações do motorista. A nova carteira deve entrar em vigor até 1 de janeiro de 2019 em todos os estados e Distrito Federal.

Prazo para inspeção veicular: A vistoria será obrigatória no país inteiro até o final de 2019, mas os estados que quiserem podem se antecipar. Ela será feita a cada 2 anos e sem a inspeção não será possível fazer o licenciamento.

Pagamento de multas por cartão: A resolução que permite o pagamento de multas com cartões de débito ou crédito entrou em vigor em outubro passado, mas a prática deve crescer mesmo só em 2018, já que cada órgão de trânsito precisa habilitar as operadoras para oferecer o serviço.


Janeiro terá mais uma Superlua visível em todo o Brasil

Mais uma superlua está chegando para iluminar os céus de janeiro, desta vez, no dia 31, último dia do mês. O mesmo fenômeno também apareceu na noite de 1 de janeiro, tornando as boas-vindas a 2018 ainda mais especiais. O espetáculo do fim do mês deve ser visto em todo o Brasil.

Eventos de superlua ocorrem quando a Lua encontra-se no perigeu, que é o ponto da sua trajetória mais próximo da Terra. Durante sua passagem, o astro pode parecer até 30% maior e 14% mais brilhante do que o normal.

Além disso, o fenômeno promete ser ainda mais especial, pois é a segunda Lua cheia do mês. Quando isso acontece, ela passa a ser chamada de Lua Azul. E, embora ela não vá ficar fisicamente azul, é interessante notar que esse fenômeno é relativamente raro. Segundo astrônomos depois dessa, a próxima Lua Azul só vai aparecer em 2020.


Perspectiva

As pessoas reagem de diferentes maneiras frente aos problemas da vida. Algumas lidam com eles e os enxergam como obstáculos a serem superados. Outras pessoas olham para os problemas da vida e se desesperam; não sabem como lidar com eles; enxergam neles montanhas intransponíveis e acabam se rendendo.

Muitas pessoas que hoje têm sérios problemas psicológicos, viciados em drogas, sexo, jogos, etc., entraram para este mundo sombrio por causa de problemas não resolvidos. São pessoas que não conseguiram superar os dilemas da vida.

Não cabe a ninguém julgar tais pessoas, pois não sabemos qual o tamanho da adversidade que se apresentou a elas no passado; também não sabemos como nós reagiríamos se nos encontrássemos na situação delas. A verdade é que, a cada um de nós a vida se apresentou de maneira diferente, trazendo os seus próprios problemas e preocupações.

E isso tudo nada tem a ver com ser cristão ou não. A vida é a mesma e os problemas são os mesmos para todos os seres humanos. Não há distinção. Mas, há uma profunda diferença em ser cristão quando se trata de situações adversas. Essa diferença se chama “perspectiva”.

O cristão não está isento de problemas e adversidades, mas ele pode ter uma perspectiva diferente sobre a vida quando a encarra sob a ótica de Cristo. Para Jesus, o nosso modelo de humanidade, não há problema intransponível. Há, sim, adversidades mil, mas nenhuma delas terá poder sobre a vida daquele que olha para a vida da mesma maneira que Jesus.

A perspectiva do cristão sobre a vida é altamente positiva. Ele tem propósito, sabe de onde veio e sabe para onde vai. Isso faz com que ele perceba que os problemas que a vida traz, por mais graves que sejam, são passageiros e momentâneos. Nada nesta vida é para sempre. Tudo acaba. E, na perspectiva do cristão, quem tem a palavra final sobre tudo é Jesus Cristo.

Não lide com seus problemas olhando para eles apenas com seus olhos humanos. Vá além, encarando-os e lidando com eles como sendo aflições temporárias e passageiras. No final das contas, Cristo lhe deu uma nova vida, uma nova e libertadora maneira de olhar para a vida. Viva a vida em abundância e não permita que os obstáculos o derrubem. Lembre-se sempre de que Jesus está vindo ao nosso encontro e, em breve, todo sofrimento, toda dor, toda lágrima dos nossos olhos deixarão de existir.

Israel Mazzacorati