Índio Xavante faz faculdade de Letras para traduzir a Bíblia em sua língua

share on:

04/10/2017

Silvério Orewawe é da tribo xavante, tem 34 anos e há 5 estuda Letras na Universidade Veiga de Almeida no Rio de Janeiro com o objetivo único de traduzir a Bíblia para o akuén, seu idioma de origem. Para ele, além de dar acesso a Palavra de Deus em sua língua materna aos cristãos, a Bíblia traduzida vai ser um instrumento para alcançar outros indígenas da Reserva Parabubure, que fica na cidade de Campinápolis no Mato Grosso. Em 2005 dois missionários americanos terminaram uma tradução das escrituras para o akuén que demorou 46 anos para ficar pronta. Apesar do esforço foram encontrados muitos erros no trabalho. A nova tradução está sendo coordenada pela Sociedade Linguística Internacional e realizada por Silvério e mais dois índios xavante. Ele lembrou que foi surpreendido com o convite para participar do projeto.

Ouça a reportagem:

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial