share on:

Platão dizia que “a amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente zelosos da felicidade um do outro”.  Amo essa frase por traduzir o cuidado natural que existe entre amigos. Que coisa mais linda saber que existe alguém que zela, que cuida, que se preocupa com meu bem-estar e minha felicidade. Alguém que acredita no meu potencial e que vê qualidades em mim que nem sempre enxergo. Alguém que desinteressadamente se interessa pelo meu crescimento em todas as áreas de minha vida e me impulsiona a alçar voos mais altos.

Como é maravilhoso saber que sempre existirá alguém que me ama e conhece bem, a ponto de saber como estou pelo meu tom de voz ou por algum trejeito que não conseguiu esconder a dor dos olhos, ouvidos e coração atentos do amigo que está zelando por nossa felicidade, mesmo quando ninguém mais notou.  É bom demais ter pessoas em nossas vidas que levam a sério esse compromisso de cuidar da nossa felicidade, nossa saúde mental, física e espiritual, ainda que esteja a milhares de quilômetros de distância!  

Ainda mais incrível do que tudo isso é ter amigos que têm a coragem de nos apontar nossos pontos cegos, que todos veem, menos a gente. Pontos que não apenas nos expõe, mas fazem algo muito pior do que isso: roubam o melhor de nós. O versículo de provérbios 27.6 fala sobre esse tipo precioso de amigos: “Quem fere por amor mostra lealdade, mas o inimigo multiplica beijos” (NIV), gosto muito também da versão que diz: “Leais são as feridas feitas pelo que ama” (ARA). Amigos leais e sinceros são os melhores presentes que podemos ter na vida. Seu amor é capaz de nos dizer a verdade por amor a nós. Suas palavras muitas vezes serão como espelho que nos ajudará a nos enxergarmos como estamos, ainda que não gostemos muito da imagem refletida nele, e outras vezes, elas serão as lentes que nos ajudarão a ver as coisas como são e não como gostaríamos que fossem. Um amigo empenhado em ver nossa felicidade nem sempre vai dizer o que queremos ouvir, mas mesmo que suas palavras nos firam por um breve tempo, leais são as feridas provocadas por eles. E felizes são todos o que são esses amigos e mais ainda aqueles que os têm!  

No amor do Senhor,

Susie Pek