Compartilhe em:

As preocupações aliadas às pressões da vida cotidiana e à crescente sensação de insegurança têm transformado a ansiedade em uma doença crônica. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que 9,3% dos brasileiros apresentam os sintomas do transtorno de ansiedade, o que coloca o Brasil na liderança do “ranking” mundial, com três vezes mais pacientes do que a média global.


Hoje, os transtornos derivados da ansiedade já são a terceira razão de afastamentos do trabalho no Brasil.  Aliás, a ansiedade e a depressão vêm aos poucos ganhando o título de males do século.  Para alguns, o assunto é um intrigante objeto de estudos, mas para outros, um verdadeiro tormento com o qual convivem todos os dias.

A pessoa que sofre com a ansiedade nota uma queda em seu rendimento. Às vezes, sente-se paralisada, e, por vezes, é tomada por uma agitação interna grande, mas não consegue produzir nada.  O terrível da história é que a tal da ansiedade é desencadeada por muitos motivos, sendo a preocupação, um dos mais comuns. Uma preocupação inocente e legítima se instala em nossos pensamentos e vai crescendo à medida que começamos a imaginar tudo o que pode dar errado. Quando nos damos conta já estamos cheias de perguntas sobre o futuro, ficamos angustiadas e quanto mais olhamos para os problemas, maiores eles ficam a ponto de roubarem nossa esperança.  Não é assim que acontece? Passamos a sofrer tanto pelo o que pode acontecer no futuro que mal vivemos o hoje.

O mais bonito disso tudo é que toda essa agitação não passa despercebida aos olhos do nosso amado Jesus que nos dá um conselho e diz: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu mal.” Jesus nos conhece bem e sabe tudo o que nos causa preocupação e angústia e Ele nos apresenta essa solução incrível. Apesar de ser o melhor conselho de todos, sabemos que viver um dia por vez quando se está tomado pela ansiedade é quase que uma missão impossível. Conseguir viver uma hora por vez já é uma grande vitória, especialmente quando as preocupações parecem dançar em nossa mente sem nos dar um segundo de folga.  

A preocupação é nossa, mas a ajuda vem do nosso Deus que nos encoraja com os versículos de Filipenses 4:6-7 que dizem assim: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus que excede todo entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.” Aqui o Senhor nos ensina que ao invés de darmos espaço para a ansiedade e pensamentos sobre como será o amanhã, podemos apresentar nossos pedidos a Ele sabendo que Ele se importa conosco. Ele ouve nossas orações e sua paz guardará nossas mentes.

O amanhã e todas as suas surpresas e mudanças estão nas mãos desse Deus bondoso e amoroso. Embora não saibamos o que o futuro nos reserva, sabemos que não importa o que aconteça, Jesus estará conosco, nos dando graça, sabedoria e direção. Podemos confiar nossas inquietações de hoje, assim como as de amanhã, nas mãos do Senhor que nos ama. Portanto queridas: “Lancem (lancemos) sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês (nós). 1 Pedro 5:7

No amor do Senhor,

Susie Pek – Coordenadora Mulheres de Esperança RTM Brasil & América Latina